ABSOLAR propõe a criação de um marco legal para geração distribuída solar fotovoltaica em audiência pública da Comissão Especial para o Código Brasileiro do Setor Elétrico

A ABSOLAR esteve presente em audiência pública da Comissão Especial para o Código Brasileiro do Setor Elétrico na Câmara dos Deputados, em Brasília, para apresentar as propostas do setor solar fotovoltaico e apontar os desafios do setor elétrico nacional.


Representada pela Stephanie Betz, analista do departamento Técnico Regulatório da ABSOLAR, a associação propôs o estabelecimento de um marco legal para a geração distribuída solar fotovoltaica e apresentou recomendações para a modernização do setor elétrico, incluindo propostas para uma abertura gradual do mercado livre, o respeito ao nível de maturidade de cada fonte renovável em relação aos seus incentivos, cuidados na definição de modelo de contratação de energia e valorização dos atributos ambientais das fontes de geração de energia elétrica.

Para assistir a apresentação da ABSOLAR e dos demais participantes nesta audiência pública, clique aqui. 

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok