Intersolar Europe 2019 - confira os destaques do primeiro dia da conferência

Começou ontem a Intersolar Europe 2019! Acompanhe abaixo os tópicos abordados nos principais painéis do congresso do dia 15/05.


Sessão de Abertura - Renewables 24/7 - Accelerating the Transition



A abertura da conferência contou com aproximadamente 300 participantes atuantes nos segmentos de solar fotovoltaica, renováveis, smart buildings, eletromobilidade, digitalização e armazenamento.

Principais fatos e dados de 2018 apresentados no painel:
  • O mundo ultrapassou a marca de 500 GW de solar FV, com +100 GW adicionados de solar FV em 2018.
  • Potência acumulada do setor eólico no mundo está atualmente em 590 GW, mas cresce a aproximadamente 50 GW por ano, ao passo que o setor solar fotovoltaico crescerá a mais de 100 GW por ano. Com isso, o setor solar fotovoltaico deverá ultrapassar o setor eólico em capacidade instalada no mundo em 2 anos.
  • Hoje o setor de energias renováveis gera 10,3 milhões de empregos no mundo e até 2050 serão adicionados mais 14 milhões de novos empregos! (Fonte: IRENA).

O que apontaram os palestrantes do painel

SolarPower Europe
  • Diversas cidades e estados de diferentes países do mundo estão estabelecendo metas de 100% energias renováveis.
  • Combinação de soluções para atingir este objetivo: renováveis, flexibilidade/armazenamento, construções inteligentes, eletromobilidade, digitalização etc.
  • Energia solar fotovoltaica é a fonte com a maior precisão para oferecer serviços ancilares de regulação às redes.
  • Projeção de crescimento da energia solar fotovoltaica na Europa: de 125,8 GW (5%) em 2018, para 1411 GW (36%) em 2050.
  • Armazenamento de energia elétrica terá papel chave para a massificação da fonte solar fotovoltaica e outras renováveis na matriz elétrica europeia.

REN 21
  • Renováveis agora representam 33% da capacidade instalada da matriz elétrica mundial.
  • 3º ano consecutivo de renováveis crescendo acima de fontes fósseis tradicionais.
  • Solar FV e eólica são dois cases de sucesso do setor elétrico mundial.
  • Solar FV e eólica hoje são mais baratas que novas usinas termelétricas fósseis na maioria do mundo.
  • Crescimento da energia solar FV e eólica estabilizou em 2018 em comparação com 2017, o que é preocupante. Precisaremos acompanhar para ver se foi algo pontual ou uma tendência.
  • Atualmente, existem 30 países no mundo com 1+ GW solar FV e 8 países com 10+ GW solar FV.
  • Apesar de todos estes avanços, as emissões de GEEs continuam crescendo (+1,7% em 2018), devido ao crescimento econômico.
  • Precisamos passar de uma transição do setor elétrico (acontecendo rápido) para uma transição do setor energético (devagar demais), para cumprir os acordos climáticos e evitar os piores estragos das mudanças climáticas.

Next Kraftwerke
  • Solar FV não precisa mais de incentivos para ser competitiva.
  • Nova onda de investimentos em solar FV na Europa: leilões + PPAs privados de longo prazo.
  • Setor elétrico precisa de um mix de fontes e soluções, não apenas expansão da solar FV.
  • Baterias e armazenamento como parte da solução.
  • Precisamos de uma competição entre diferentes opções de flexibilidade, para encontrar as melhores soluções de mercado, com melhores preços.
  • Necessidade de nova regulação para fomentar soluções que viabilizem altas penetrações de renováveis nas matrizes elétricas.
 



Siemens
  • 36% da energia produzida no mundo é consumida em edificações.
  • Em 2050, 70% da população mundial viverá em cidades.
  • Consumo de eletricidade deverá dobrar no mundo até 2050.
  • Digitalização é uma tecnologia viabilizadora de um futuro energético interconectado: avaliação de necessidade energética, previsão da capacidade de geração, decisão sobre consumo, geração ou gestão de demanda, otimização de retorno sobre investimentos.
  • Estações de recarga de veículos elétricos deveria se tornar obrigatória em edificações públicas.
  • Necessidade de incorporar novas tecnologias em edificações.

The Mobility House
  • Setor elétrico e setor de mobilidade estão se fundindo em um único setor.
  • Armazenamento de energia elétrica é o elo perdido entre estes setores.
  • Uso de baterias de veículos elétricos para estilizar a rede elétrica.
  • Apresentou case de sucesso muito interessante, de um modelo de geração de energia elétrica 100% renovável na ilha portuguesa de Porto Santo, com o uso de veículos elétricos para estabilizar a rede!

Debate
  • Necessidade de incluir os consumidores/comunidades na transição energética, para que eles acelerem o processo e ajudem a apoiar as renováveis contra sua oposição. Os benefícios e propósito precisam estar claros para a sociedade.
  • Necessidade de regulação/leis que promovam maior empoderamento e poder de decisão aos consumidores, bem como melhorem a interação deles com as tecnologias renováveis.
 




Sessão 1 - The Future of PV in Europe

A sessão apresentou os resultados do Global Market Outlook 2019-2023, principal relatório de projeções do setor solar fotovoltaico mundial, com 90 páginas.

Nota: A ABSOLAR contribuiu como co-autor externo deste relatório, com um artigo específico sobre solar FV no Brasil.

   

O que apontaram os palestrantes do painel

BSW-Solar (Alemanha)
  • Solar FV está vencendo eólica nos leilões do governo alemão.
  • Alemanha está desligando nucleares e usinas a carvão ao mesmo tempo (transição energética), uma grande oportunidade e desafio para as renováveis.
  • Necessidade de medidas de suporte para a rede, estabilidade e armazenamento precisam ser aceleradas neste processo.
  • BSW-Solar trabalhando para remover o limite atual de 52 GW de solar FV na matriz, estabelecido pelo governo alemão (potência instalada deverá atingir esta marca em poucos anos!).
  • 50% de todos os sistemas solares FV em residências já são instalados com bateria.
  • Projeção de mercado para 2019: +3,5/4,0 GW

SER (França)
  • Capacidade instalada total solar FV = 8,9 GW
  • Setor elétrico é concentrado em grandes oligopólios.
  • Governo planejando diversificação elétrica, para reduzir dependência nuclear. Solar FV terá papel de destaque.

UNEF (Espanha)
  • Capacidade instalada total solar FV = 4,7 GW
  • Governo espanhol definiu novas metas para renováveis: + 28 GW de solar FV até 2030.
  • Para 2019, projeção de + 4 GW solar FV!
  • Barreiras ao autoconsumo foram finalmente eliminadas em 2018!
  • Espanha está de volta ao jogo!

Itália
  • Principais drivers de mercado: PPAs, armazenamento de energia, novo decreto de renováveis (foco em solar FV e eólica, via leilões e tarifa-prêmio), programa Energia Clima 2030 (meta de 30% de eletricidade renovável até 2030).

Portugal
  • Capacidade instalada total solar FV = 0,7 GW
  • Governo planeja novas contratações de solar FV num total de 1,5 GW nos próximos anos.

Reino Unido
  • Governo eliminou todos os incentivos para solar FV.
  • Apesar disso, o mercado está sobrevivendo. Projeção para 2019: +675 - 1.000 MW
  • Drivers de mercado: contratação por governos subnacionais, contratos privados e públicos, alianças com empresas de distribuição de energia elétrica.
  • Projeção de adicionar 3,5 - 7,0 GW até 2023.

 
Sessão 2 - PV in the MENAT Markets

O que apontaram os palestrantes do painel


Apricum
  • Preço-médio de leilões de solar FV no mundo em 2018: US$ 61,00/MWh.
  • Região MENAT crescendo ao dobro da velocidade que o resto do mundo.
  • Recurso solar excelente da região como diferencial.
  • Leilões governamentais liderando o mercado, com preços recordes em vários casos.

Emirados Árabes Unidos
  • Solar FV sendo utilizada como economia de gás natural, para redirecionar o gás natural para exportação a países asiáticos que estão substituindo carvão por gás natural.
  • Projeto Sweihan: 1117 MWp (maior do mundo em operação), preço-médio de US$ 24,00/MWh (03/2017).
  • Solar FV ajuda a aliviar o enorme pico de demanda diurna e de verão do país.
  • Metas governamentais: 7 GW solar FV até 2023 e 16 GW solar FV até 2030.

Arábia Saudita
  • Metas governamentais: +20 GW solar FV em 5 anos e +40 GW solar FV até 2030.
  • Solar FV ficando competitiva também em projetos comerciais e industriais.
  • Tensões dentro do governo entre otimizar projetos por menor preço-médio ou maior conteúdo local.

Jordânia
  • O país importa 94% do óleo e gás que utiliza.
  • Solar FV como diversificação, liberdade energética e economia.
  • Capacidade instalada solar FV atual: 850 MW
  • Oportunidades de mercado: leilões e projetos do governo, contratos bilaterais, projetos EPC e chave-na-mão, medição líquida.

Turquia
  • Capacidade instalada solar FV atual: 5,1 GW.
  • Metas governamentais para 2023: 10 GW solar FV.
  • Disputa interna entre projetos com conteúdo local ou internacional.
  • Tarifas-prêmio para projetos até 5 MWac.
  • Medição líquida estabelecida recentemente para projetos até 5 MWac em telhados apenas.

MESIA (Egito)
  • Energia solar fotovoltaica no Egito passou por complexo período de instabilidade política, que afetou severamente o mercado (revoluções árabes - primavera árabe).
  • Capacidade instalada solar FV atual: 1,2 GW.
  • Metas governamentais para 2035: 25% da matriz elétrica de solar FV.
  • Governo está abrindo gradualmente a economia e o setor elétrico para investimentos privados.
  • Medição líquida permitida no Egito, mas ainda cresce pouco.


Sessão 3 - PV in Emerging Markets 



O que apontaram os palestrantes do painel

ABSOLAR
 
DESTAQUE: a ABSOLAR lançou em primeira mão o infográfico ABSOLAR em inglês, distribuindo exemplares aos presentes.
  • Em 2018, o Brasil ultrapassou a marca de 2GW operacionais.
  • Em 2019, a ABSOLAR projeta o crescimento anual de mais de 1GW, fazendo com que o país ultrapasse a marca de 3GW acumulados.
  • Em 2019, a geração distribuída solar fotovoltaica liderará o mercado em novos investimentos pela primeira vez.
  • A ABSOLAR conseguiu a inclusão da fonte solar fotovoltaica nos dois leilões de energia nova de 2019 (A-4 e A-6).
  • Na geração centralizada, a fonte solar fotovoltaica se consolidou como a segunda fonte mais competitiva do Brasil.
  • A energia solar fotovoltaica começa a desenvolver projetos para o mercado livre, o que representa um novo segmento para o setor.
  • Os desafios para aumentar a competitividade da cadeia produtiva necessitam de soluções de curto prazo.
  • A ABSOLAR estruturou uma força-tarefa sobre armazenamento de energia elétrica para alavancar as potencialidades da energia solar fotovoltaica no Brasil.
  • A ABSOLAR convidou a todos para participar da Intersolar South America 2019, em São Paulo.

IFC
  • África possui uma população total de 1,3 bilhão de pessoas.
  • Capacidade instalada de energia elétrica (todas as fontes) no continente africano: 158 GW. 
  • Solar fotovoltaica representa apenas 5 GW.
  • Dificuldades severas com infraestrutura, inclusive para energia elétrica.
  • Custo de capital extremamente elevado na região, devido à alta percepção de riscos (econômicos, políticos, legais, regulatórios etc.).
  • Demanda por eletricidade na África devera crescer 6 vezes até 2050.
  • Uma parcela significativa da população africana ainda não possui acesso à energia elétrica.
  • Preços-médios de energia elétrica muito elevados no continente, chegando a US$ 120,00/MWh em alguns países.
  • IFC está desenvolvendo um programa para acelerar a adoção de solar FV na África.

Kenya
  • Meta governamental de +700 MW solar FV até 2030.

Ghana
  • Meta governamental de +740 MW solar FV até 2030.

Costa do Marfim
  • Meta governamental de +420 MW até 2030.

Angola
  • Meta governamental de + 100 MW solar FV até 2025.

Oportunidade em geral na África: solar FV como forma de ampliar a matriz sem depender de tanta infraestrutura, com maior agilidade, com baixos custos, reduzindo dependência de recursos importados (óleo e gás, carvão).
 
 

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok