19/02/2021

Aneel registra pedido de outorga de mais de 1,7 GW da fonte fotovoltaica em cinco estados

  Voltar
Mega What

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) registrou o recebimento do requerimento de outorga (DRO) de usinas solares fotovoltaicas que somam 1.712,872 MW em cinco estados do país. Os registros foram publicados em despachos da agência reguladora no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 19 de fevereiro.

A Voltalia Energia teve o registro do requerimento de outorga (DRO) para a UFV Jaguaruana 7 (50 MW), localizada no município homônimo, no estado do Ceará, enquanto a AES Tietê Energia registrou o DRO das usinas da fonte solar Ouroeste 2A I e Ouroeste 2A II , que somam 86,77 MW de capacidade instalada na cidade que dá nome aos projetos, em São Paulo.

Em Minas Gerais, foram registrados os DROs das usinas solares fotovoltaicas Solar Newen Central Minas III, Solar Newen Central Minas IV , Solar Newen Central Minas V e Solar Newen Central Minas VI , que somam 158,102 MW no município de Presidente Juscelino.

Ainda no estado mineiro, na cidade de Janaúba, o pedido de outorga foi recebido para UFVs Uberlândia 1 a Uberlândia 6 , somando 300 MW.

Houve também registro de recebimento de requerimento de outorga no estado de Goiás, que engloba as UFVs Coronel Estrela I a Coronel Estrela XX , somando 1 GW de potência no município de Posse.

Já as usinas solares fotovoltaicas Dunamis I a Dunamis IV , que somam 118 MW, tiveram sua outorga registrada em Santana do Matos, no Rio Grande do Norte.

Na Paraíba, houve alteração no DRO da UFV Solaris II quanto à sua potência instalada, que passa de 21 MW para 19 MW. O empreendimento localizado no município de Coremas é de titularidade da Total Solar Participações e Pacto Geração e Transmissão.

Geração

Para início de operação comercial, a Aneel liberou as unidades geradoras 1 e 2, somando 2,5 MW, da CGH Doutor Augusto Gonçalves de Souza , localizada no município de Itaúna, estado de Minas Gerais. O aval foi para fins de contabilização de sua energia. Na Bahia, a autorização para geração comercial foi para as UGs 1 a 4, somando 8,4 MW da eólica Ventos de São Januário 10 , localizada no município de Campo Formoso.

Autorizações

Para atuar junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), a Simple Energy Assessoria e Gestão de Energia foi liberada pela agência reguladora de energia elétrica.

Já as empresas Gerdau Aços Longos e Prime Energy receberam autorizações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira. Para a Gerdau, a autorização foi para carregamento de gás natural, enquanto para a Prime Energy poderá a atividade de comercialização de gás natural.

Ontem, a ANP também havia autorizado a Apollo Comercializadora a atuar na comercialização de energia.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok