10/12/2018

Em breve, sua casa vai produzir toda energia elétrica que você precisa

  Voltar
Agência O Globo

Viver em uma casa com 100% de energia limpa e renovável, em breve, não será apenas um sonho de ambientalistas preocupados com o futuro do planeta. A transição entre um modelo de fornecimento de energia elétrica tradicional, em rede e baseada em grandes usinas geradoras, já é uma realidade em algumas partes do mundo. E o melhor: além de ecologicamente correta, a solução pode ser mais barata e pode garantir a seus moradores energia mesmo diante de crises de desabastecimento.

Se você mora em alguma grande cidade brasileira, como São Paulo, por exemplo, poderá perceber as vantagens econômicas de ter autonomia energética em sua casa desde o primeiro momento. No caso de um sobrado no qual vivem quatro pessoas, instalar um sistema de energia solar fotovoltaica custa cerca de R$ 15 mil. O impacto na conta de luz é imediato: estima-se que, já no primeiro mês, a redução chegue a 90%. Assim, em sete anos, o investimento inicial estaria pago. E o equipamento apresenta vida útil de, no mínimo, 25 anos. Depois de 25 anos, a capacidade de produção dos painéis, em função do tempo de uso, cai para cerca de 80% do total.

"Não é uma tecnologia cara, seus valores são competitivos", afirma Rodrigo Sauaia, presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). "De 2010 para cá, o custo da energia solar fotovoltaica se tornou 83% mais barata. Enquanto isso, a conta do fornecimento de energia elétrica subiu acima da inflação. Hoje, gerar energia renovável já é mais barato do que comprar", complementa.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok