16/09/2016

Futuro da Energia Limpa é discutido no evento Diálogos Capitais

  Voltar
Maxpress

Debate organizado por CartaCapital contou com especialistas como Mauro Borges, presidente da Cemig.

Nesta sexta (16.09), a revista Carta Capital reuniu um grupo de especialistas para discutir oportunidades e entraves no desenvolvimento da matriz energética renovável no Brasil.

O evento faz parte da série Diálogos Capitais, iniciativa da Editora Confiança, que busca discutir temas de relevância para o país representantes do governo, empresas e formadores de opinião.

Na abertura do evento, Mauro Borges, presidente da Cemig, lembrou que o Nordeste já é um caso de sucesso na implantação de energia solar e eólica. “É preciso aproveitar o todo o potencial de recursos naturais do Brasil, inclusive os resíduos desperdiçados pelo setor agrícola, no entanto, há a necessidade de políticas regulatórias para potencializar essa riqueza e gerar benefícios para a sociedade”, afirma.

No primeiro debate, os desafios e oportunidades do setor foram discutidos por Alexandre Heringer Lisboa, presidente da Efficientia;

Marcio Drummond, gerente da área de comercialização do Grupo Eletrobras; e Zilmar de Souza, gerente em bioeletricidade da UNICA (União da Indústria de Cana de Açúcar).

Os participantes ressaltaram o potencial dos mini e microgeradores, por exemplo, por meio de painéis fotovoltaicos instalados em residências e pequenos estabelecimentos industriais e comerciais, mas lembraram que isso requer subsídios governamentais, como empréstimos populares.

No segundo painel, formado por Alexandre Francisco Maia Bueno, diretor de Desenvolvimento de Tecnologia e Mercado da Abaque (Associação Brasileira de Armazenamento e Qualidade de Energia); Luis Fernandez-Pita, vice-presidente da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica); Sandro Yamamoto, Diretor Técnico da ABEEólica; e Teresa Vernaglia, vice-presidente de Desenvolvimento Estratégico da AES Eletropaulo Brasil, a temática foi centrada em novas tecnologias, como armazenamento, startups e smart grid.

Os debatedores concordaram que é preciso investir num formato de inovação que agregue os diversos players do mercado para cocriação. “Está acontecendo no setor de energia um avanço das tecnologias impondo novos modelos de negócio.

Temas como Internet das coisas e carros elétricos são exemplos disso”, destaca Teresa Vernaglia, VP de Desenvolvimento Estratégico da AES Eletropaulo.

O evento contou com o patrocínio da Cemig e do Itaú.

O próximo encontro da série Diálogos Capitais, em 30 de setembro, será sobre Mobilidade Urbana. As inscrições podem ser feitas de forma gratuita em www.dialogoscapitais.com.br/mobilidadeurbana.
 
 
 
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok