15/09/2016

GE conclui nacionalização de inversores para solar e eólica

  Voltar
Brazil Modal

O setor de energias renováveis no Brasil tem excelentes expectativas de crescimento para os próximos anos.

Até 2024, a energia solar representará 4% da matriz energética brasileira e a eólica será a segunda fonte de geração até 2020, com 12% da produção, segundo dados da ABSOLAR e da ABEEólica.

Seguindo essa tendência,a divisão de Power Conversion da GE Energy Connections concluiu o plano de nacionalização de seus inversores solar e eólico, linhas LV5 + DTA CFI respectivamente, de acordo com as regras do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Dessa maneira, os clientes brasileiros passarão a contar com as linhas de crédito do BNDES, que possuem taxas de juros mais atrativas. “É um grande orgulho anunciar que duas novas tecnologias da GE voltadas para o mercado de energias renováveis estão nacionalizadas. Isto mostra o comprometimento da companhia em oferecer soluções de alta tecnologia com ótimas condições de financiamento para os clientes brasileiros”, comenta Sérgio Zuquim, Diretor Comercial da GE Power Conversion para América Latina.

Seguindo o conceito de GE Store, – oferecer uma solução completa ao cliente por meio de diferentes negócios da companhia – a nacionalização do inversor eólico de frequência, que é instalado dentro da turbina eólica, atendeu uma demanda específica da GE Wind, que participou ativamente de todo o processo. “A partir da nacionalização dessa tecnologia específica para GE Wind, poderemos nacionalizar outros equipamentos de acordo com a demanda do mercado, já que contribuímos para a consolidação de uma cadeia de suprimentos ainda incipiente”, explica Zuquim.

Já o inversor solar de frequência é um equipamento universal que poderá ser vendido para todos os clientes que estão construindo ou planejando construir plantas solares não só no Brasil, como em outras partes do mundo, atendendo às necessidades do mercado por pelo menos dez anos. “A GE tem sido pioneira na oferta de inversores solares de 1.500 volts que trazem alta relação custo benefício a parques solares. Desde o lançamento desses inversores em 2014, a GE já entregou mais de 1 GW e acumulou mais de 4GW em contratos globalmente. Agora que os inversores obtiveram a acreditação do BNDES, temos uma boa oportunidade de agregar valor também para clientes brasileiros”, acrescenta Zuquim.

A GE já realiza o processo de nacionalização de equipamentos nas suas diferentes divisões, como Aviation, Transportation, Healthcare e Wind. “Todo o processo foi realizado usando a expertise da GE na área. Além de atender às necessidades dos clientes, estamos contribuindo para o crescimento do setor energético como um todo, já que desenvolvemos a cadeia local de fornecedores”, finaliza o executivo.
 
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok