17/11/2016

MME pretende avaliar modelo de financiamento a energia solar no NE

  Voltar
Canal Energia

 

Microssistema de geração financiado pela ABSOLAR foi inaugurado no prédio do MME nesta quinta-feira, 17.

O ministério de Minas e Energia deve realizar entre o fim do ano e inicio de 2017 um seminário para discutir as dificuldades de financiamento para a instalação de micro e minissistemas de geração fotovoltaica no país.
 
A ideia, segundo o ministro Fernando Coelho Filho, é avaliar o modelo  que tem sido aplicado há sete meses pelo Banco do Nordeste a empresas locais para, eventualmente, replicá-lo em outras regiões do país, com linhas de crédito também para pessoas físicas.

“Acho que o nosso desafio para incentivar a instalação desses sistemas, principalmente para o consumidor final, é, de fato, o financiamento”, disse Coelho em entrevista nesta quinta-feira, 17 de novembro, após inaugurar um sistema de geração distribuída a partir de placas solares no telhado do MME.

O projeto de R$ 400 mil foi financiado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica e empresas a ela associadas, e tem potência de 60 kWp.

A estimativa de economia mensal com a conta de energia é em torno de R$ 70 mil, entre 5% e 7% do consumo do ministério.
 
O microssistema do MME tem um simbolismo, de acordo com o ministro, por representar uma iniciativa que o governo pretende espalhar para prédios públicos na Esplanada dos Ministérios e em outros locais. “A gente poderia ter feito em uma área maior, para poder gerar o suficiente. Seria maior, mas não teria o mesmo impacto de estar em cima do prédio do Ministério de Minas e Energia”, justificou Coelho. Pelos cálculos do MME, a iniciativa vai evitar a emissão de 6,4 toneladas de CO2 por ano na atmosfera, o que dá 161 toneladas, considerando a vida útil de mais 25 anos dos equipamentos.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok